"Quem tinha tempo para a poesia? Pois ela comprou um carrinho invisível e começou a catar palavrão" Rita Apoena

11.2.19

da Poeira


A gente é muita poeria cósmica vinda de vários lugares e  pertencentes a nenhum deles.

1.2.19

Querido Jack III

Querido Jack


    Hoje de manhã eu estava refletindo o seguinte, quando eu era uma criança, eu e minha irmã brincávamos em baixo da cama. Eu adorava, costumava brincar até sozinha lá em baixo. Entrava ali e imaginava um mundo de coisas. Várias vezes aquele lugar foi o Universo inteiro, cheio de poeira  que me faziam espirrar por horas. Tinha dois buracos negros, do lado esquerdo eu entrava, do lado direito eu saía.
    Eram só eu e minha nave, controlava todos os botões, desviava dos asteroides que passavam raspando na nossa asa (minha aeronave tinha uma asa igual de avião), conhecia planetas e várias outras coisas absurdas que só existiam no meu universo, como o santuário das borboletas, que era um lugar no universo, que eu adorava, onde tinham borboletas estrelares e coloridas que orbitavam um enorme girassol.
    Mas, lá embaixo,  não tinha só universos, era também meu esconderijo no pique-esconde, era meu esconderijo no polícia e ladrão, como também era a própria prisão. Era também debaixo da cama que se escondiam os gnomos que roubavam meus pares de meias, e sapatos, ou até aquele brinco que eu sempre perdia. Consegue entender o quando "debaixo da cama" é importante para uma criança?
    Só que agora não existe mais isso! Os pais compram cama box pra seus filhos, e aí não tem mais universo, nem esconderijo, nem prisão e  nem pares de meias perdidas. Que tipo de infância essas crianças vão ter Jack? Muito sem graça.
   Por isso queria te dizer, compre uma cama normal para seu filho, ele precisa passar por todas as experiências de vida de uma criança, e o monstro que mora lá em baixo, é apenas mais um detalhe.

Até breve Jack.
Com amor, Brisa.

28.1.19

Acabou?

Quando o amor acaba?
Em que momento ele acaba?
É quando a gente não quer ver mais a pessoa?
Ou quando a gente não quer falar com ela?
Ou será que ele acaba quando a gente só quer responder por emoji?
Antes disso, será que o amor acaba quando a gente deixa de falar com a pessoa por um dia?
Ou é quando a gente não compartilha um acontecimento?
O amor acaba numa briga?
Ou acabou quando ele mentiu, antes da briga?
Mas será que na reconciliação o amor ainda estava lá?
Quando o amor acaba, será mesmo que ele acabou?
Ou é apenas uma chateação momentânea?
O amor, quando é amor, acaba?
Ou tudo se acaba quando não é amor?
Foi amor?
- Acabou!

24.1.19

Querido Jack II

Querido Jack,


    Às vezes meu joelho sai do lugar, e é uma dor insuportável, e o médico falou que é caso cirúrgico. A ultima vez que meu joelho saiu do lugar, eu tava dançando, ele saiu do lugar e eu caí. Na hora eu não entendi o que tava acontecendo, fiquei sem forças no chão, mas até então não estava doendo, quando eu me levantei eu senti a pior dor que já havia sentido na minha vida. Meu joelho voltou pra o lugar, e isso doeu muito, chorei, não consegui respirar, não conseguia andar, só doía. Meus amigos tiveram que me ajudar a sair de lá.
    É assim Jack, quando as coisas vão voltando a ser como eram dói. É a dor da vida voltando ao lugar, tudo voltando ao normal, tudo como era antes...
    Bom, terei de fazer cirurgia no final do mês, para de uma vez por todas, meu joelho não sair do lugar. E até eu conseguir me recuperar vai demorar um pouquinho, mas tudo bem, eu já estou me preparando para quando as coisas voltarem ao lugar. Se cuida Jack, por aqui vou tentado me cuidar também.


Com amor, Brisa

22.1.19

leve vida

Leve todas as suas roupas.
Leve a sua escova de dente que ficou meses no meu banheiro sem você usar,
Leve aquela droga de CD com aquela música que dançamos na noite de quarta,
Leve seu saca rolhas,
Leve seu cigarro,
Leve aquele blusão que está a uma se mana secando no varal,
Leve seu remédio de garganta,
Leve seu shampoo 3 em 1,
Leve sua Xícara daquele time lixo,
Leve seu pendrive que está no meu carro,
Leve seu cheiro,
Leve seu espaço,
Leve cada centímetro de chão que você pisou,
Leve junto o ar que era meu e você respirou,
Leve todos os dias do calendário que você passou aqui,
Leve todas as memórias,
Leve toda vida que perdi com você.

Aí você põe tudo na sua mala e leva pra o inferno, lá pra puta que pariu!

9.1.19

Querido Jack I

Querido Jack,


    Quanto tempo não falo contigo, hoje abri minha conta antiga do Hotmail, tava procurando algumas fotos antigas, para fazer o desafio dos 10 anos, e encontrei nossas fotos, na verdade, as únicas 2 fotos que tiramos na vida, e encontrei nossas dezenas de emails trocados. Li e reli, um por um. Nós éramos pessoas ótimas, ri de você, ri de mim, e ri de nós.
    Fazia tempo que você não me vinha a cabeça, fazia tempo que eu não parava e pensava em você, e tentava imaginar o que você estaria fazendo agora,  e de repente estou aqui, escrevendo pra você e lembrando de tudo o que aconteceu.
    A gente não viveu aventura nenhuma, nem viajamos, nem nos metemos em confusão, ninguém nunca soube de nós, se não fosse apenas por mim e por você, "nós" não teria nem existido. Foi fácil demais gostar de você, aquelas madrugadas trocando mensagens escondidas, as idas a praia, os encontros marcados e inesperados, os emails, os desencontros.Você me deixava feliz e aquecia meu coração.
     Era tudo muito verdadeiro, e muito proibido ao mesmo tempo, e então aquele "nós" se perdeu, se desfez, desatou. Eu era uma menina, no auge dos meus 17 anos, com tanto medo e de coração partido, e você tão bobo cheio de piadas prontas. Mas os rumos que tomamos nos transformaram em quem somos hoje, que orgulho de você, e que orgulho de mim. Quando lembro da gente o único sentimento que tenho é de saudade e gratidão, por ser uma das poucas pessoas que fez meu coração acelerar e parar ao mesmo tempo. Se cuida Jack.


Com amor, Brisa.



 nosso por do sol

23.12.18

A gente que sabe...



Essa paz é toda inquietude que reside no peito, e que rasga a carne até conseguir fugir.
Essa inquietude é toda alma, calma tsunami que me arrasta pro fundo do mar de ti.
Essa calma é esteio, é tua voz que assossega meu sono nos braços teus.
Essa voz que é embalo, é sussurro, é urro, no pé do ouvido meu.


Que esses dias passem devagar, porque meu coração já está acelerado demais!

8.12.18

Viver de brisa


Eu poderia passar o dia inteiro olhando pra você.
Eu poderia passar o dia inteiro respirando esse perfume.
Eu poderia passar o dia inteiro ouvindo você falar do seu dia.
Eu poderia passar o dia inteiro do teu lado, sem falar nada.
Eu poderia passar o dia inteiro de você, só você, e isso parece que ainda não bastaria...
Onde você esteve esse tempo todo?

10.10.18

sofrer pra que?

Dia desse eu tava no telefone com uma amiga:

"Que escroto amiga, não acredito que ele fez isso!", "Que cachorro! Fica assim não amiga, você é muito melhor do que isso", "Ele não te merecia", "Não valia a pena", "se valorize".

No outro dia, minha irmã estava conversando com a amiga:

"Não consigo acreditar", "Muito hipócrita", "amiga, pelo amor de Deus, esquece esse cara", "tá vendo que ele tá te fazendo de besta".

Depois vi minha tia no telefone com a amiga dela:

"Ele é um ordinário, cretino", "Você não precisa se submeter as sandices dele", "viva sua vida, ele vai se arrepender, de ter perdido você!", "é um canalha, deixa ele pra lá"


Até quando a gente vai sofrer por amor?
Será que a gente nunca aprende?

As vezes acho que esquecemos a capacidade que temos de sofrer,
ou então permanecemos com 16 anos pra sempre!